segunda-feira, 23 de maio de 2016

Cidade da Criança terá centro de equoterapia

O local, além de atividades esportivas, artes mistas e pediatria recebeu o anúncio de que haverá também um centro de equoterapia para crianças com necessidades especiais


            Uma nova história está sendo construída para as crianças e adolescentes de Paraíba do Sul com a Cidade da Criança. O espaço está ficando maravilhoso. Existe uma equipe empenhada trabalhando com carinho e compromisso para que a obra seja inaugurada o quanto antes.

            O projeto que começou como um sonho distante, está tomando forma e na tarde de quarta-feira (18) o prefeito Marcinho anunciou que criará um centro de equoterapia para atender crianças com necessidades especiais. A Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo com uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais.
            Marcinho recebeu um convite do vereador Maurinho Branco para visitar Centro de Equoterapia de Petrópolis, uma iniciativa privada de Fernando Sodré, e chegando lá ficou encantado com o trabalho realizado e o resultado no desenvolvimento das crianças. Imediatamente o prefeito buscou contatos para viabilizar a criação de um centro de equoterapia na Cidade da Criança.
(FOTO equoterapia)


Prefeito Marcinho acompanha obras da cidade da Criança

            O Prefeito Marcinho está acompanhando dia a dia o andamento das obras.  Transformou-se num verdadeiro mestre de obras. Está supervisionando de perto, colaborando, contribuindo e motivando os operários.  O que se vê é que a equipe comprou a ideia e muitos acrescentam: “Meus filhos vão desfrutar disso aqui”.

            A Cidade da Criança é um projeto ambicioso e corajoso. Para muitos, alvo de críticas. Chegam a dizer que Paraíba do Sul não precisa de um espaço desse. O que seria mais importante para um município do que investir em educação e saúde? O que seria mais importante do que dar oportunidade para que as crianças e adolescentes pudessem ter acesso à educação continuada, praticar esportes em alto nível, receberem cursos profissionalizantes e ainda terem acompanhamento médico de qualidade? O que seria mais importante para crianças e adolescentes com deficiências do que terem acesso às praticas esportivas e educacionais nas mesmas condições dos que não possuem deficiências?
            Um espaço que atenderá 6 mil alunos crianças. Uma estrutura que não existe em nenhuma cidade da região. Sequer nas escolas da rede privada. O Prefeito Márcio Abreu ao ser indagado sobre a possibilidade de surgirem atletas com potencial para se profissionalizarem foi bem enfático: “A missão da Cidade da Criança é dar oportunidades, desenvolver talentos e educar. Caso aqui surja um atleta de ponta, ficaremos muito orgulhosos. Mas quero ver sair daqui um cidadão de bem, que não use drogas, que queira cuidar de sua família, que tenha consciência de que pode contribuir para a comunidade”.

                       
A Cidade da Criança tem a proposta de ser um
complexo educacional e esportivo

            No primeiro ginásio será construído a piscina semi-olímpica, coberta e aquecida. Existe espaço com almoxarifado para guardar os equipamentos e vestiários amplos. Nesse espaço serão praticadas modalidade como: natação em todas suas modalidades, pólo aquático e nado sincronizado.

            No segundo ginásio o espaço será voltado para a prática de ginástica artística, ginástica olímpica, dança, ballet e artes marciais. O espaço terá estrutura móvel podendo adaptá-lo ao esporte. O interessante que além de dar oportunidade aos profissionais locais que estão fazendo um belo trabalho, a ginástica artística será coordenada pela ex-técnica da seleção brasileira de ginástica olímpica e do Flamengo, Georgette Vidor, aquela que revelou atletas como Luiza Parente e Daniele Hypólito.

            À frente estão praticamente prontos o campo oficial e a pista de atletismo.  O campo foi construído utilizando o mesmo tipo de grama utilizado no gramado de São Januário, de ótima qualidade. Possui o sistema de drenagem utilizando tecnologia de ponta e as dimensões atendem as regras da FIFA. A pista de atletismo também segue os padrões oficiais. Possui 400 metros e está localizada em torno do campo. Além disso, existe o espaço de recuo para provas de 100 metros rasos. 
                                  
            Os galpões onde estavam funcionando o CRAS (Centro de Referência a Assistência Social) estão sendo reformados e receberam a infraestrutura necessária para a realização de oficinas profissionalizantes, aulas de pintura, de música, reforço escolar, entre outras atividades. Terá  assistentes sociais, professores, pedagogos e psicólogos convivendo diariamente com as crianças e adolescentes.
           
            A Cidade da Criança também contará com espaço para educação ambiental. A mata ciliar do córrego do Inema, que passa aos fundos do complexo será recomposta o que vai colaborar para evitar erosões e o assoreamento do córrego. Será criada uma mini-floresta e um mini-horto com espécies nativas da mata-atlântica para que os alunos aprendam técnicas de manejo e cultivo. Além disso, será criada uma horta para que sejam feitas oficinas de agricultura, colaborando para que as crianças e adolescentes aprendam técnicas de cultivo.
             


terça-feira, 10 de maio de 2016

SAMU e UTI Móvel realizaram 1489 atendimentos em Paraíba do Sul de janeiro a maio deste ano

De acordo com levantamento da secretaria de saúde de Paraíba do Sul, foram atendidas, até o final do mês de abril, 1489 chamadas de emergência através dos serviços de UTI Móvel e SAMU.

O serviço de UTI Móvel está disponível para a população sulparaibana desde março de 2013. A ambulância fica na secretaria municipal de saúde a disposição das unidades hospitalares da cidade, para atendimento de casos com necessidade de transferências para um hospital que tenha o serviço de UTI.

A UTI Móvel tem um prazo de até 40 minutos após o chamado para chegar ao local e realizar o atendimento. A equipe de suporte avançado é sempre composta de médico, enfermeiro e condutor socorrista. No interior da ambulância estão a disposição aparelhos como desfibrilador/cardioversor, monitor cardíaco, ventilador mecânico, insumos para trauma, balão de oxigênio e medicações para quaisquer intercorrências clínicas emergenciais

Já o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) pode ser acionado por qualquer pessoa gratuitamente por telefone através do número 192. Com o Samu, a saúde  está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as seqüelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde sendo técnico socorrista e condutor socorrista, que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental. Além disso, a ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação, esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações. 

“Os serviços de atendimento de emergência são fundamentais para a população. Quando alguém sofre um acidente doméstico ou urbano, ou por algum motivo fica impossibilitado de se locomover, o atendimento do SAMU e da UTI Móvel garantem a segurança dos pacientes. É indispensável.” – relatou a 


Prefeitura inicia obras da Casa do Bebê para atender 150 crianças de 6 meses a 2 anos

A Prefeitura de Paraíba do Sul criou, através da Secretaria de Educação, o projeto Casa do Bebê. A maior necessidade de vagas tem sido para bebês e foi para solucionar esta demanda que a Prefeitura de Paraíba do Sul decidiu instalar nas dependências das creches Deolinda Pantola na Rua das Palhas, Olga Benário no bairro Liberdade e Roque Rodrigues dos Santos em Werneck, um anexo com 150 vagas.

A estrutura da Casa do Bebê está sendo construída especialmente para crianças com idade entre 6 meses e 2 anos, com espaço próprio para alimentação, sala de banho, dormitório e espaço recreativo com brinquedos pedagógicos que ajudam no desenvolvimento criativo e motor das crianças.

“A nossa fila de espera para matrículas era especialmente de bebês. Qualquer crianças acima de 4 anos tem vaga garantida nas escolas do município, porém as mães dos bebês vinham encontrando dificuldade em conseguir matricular seus filhos. Para atender essa solicitação, o prefeito Marcinho criou o projeto Casa do Bebê, que será um espaço anexo às creches, construído especialmente para atender essa faixa etária.” – destacou a Secretária de Educação, Francine Fontainha.


Terão prioridades nas vagas, as mães que já estão na fila de espera há mais tempo. O atual governo tem apresentado como principal proposta, manter 100% das escolas e creches do município reformadas, construir novas unidades e investir em atividades que proporcionem educação de qualidade às crianças e jovens. 

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Prefeitura inicia recuperação do asfalto da cidade

Uma obra muito aguardada pela população teve início nesta semana. Foi iniciado o recapeamento asfáltico de dezenas das principais ruas da cidade. As obras serão realizadas nos quatro cantos de Paraíba do Sul.  Serão dezenas quilômetros de pavimentação nos  pontos mais críticos.

                O trabalho começou na Avenida das Nações, avançou pelas avenidas Ernesto Che Guevara e Ayrton Senna e pela rua Alfredo da Costa Mattos Junior. A secretaria de obras informou que a pavimentação teve seu início no centro da cidade em virtude do maior fluxo de veículos diariamente.
                Há um extenso cronograma de recuperação do asfalto em todo o município. Na próxima semana serão recuperadas avenida Coronel João Werneck, a Rua Visconde do Rio Novo, rua Deocleciano Alves de Souza, Saldanha Marinho, entre outras.  O critério adotado para execução da obra foi o fluxo de veículos e o estado de conservação, segundo a secretaria de obras.
                "Seria interessante um recapeamento em todas as principais ruas de Paraíba do Sul, porém, a crise econômica faz minguar recursos para obras de infraestrutura e, portanto, estamos fazendo o possível para melhorar as vias públicas a fim de dar dignidade e melhores condições logísticas ao município", declarou o Prefeito Marcinho.
                Além do asfaltamento, a entrada da cidade está sendo reformada com o objetivo de manter um clima aconchegante e hospitaleiro para os turistas e principalmente aos sul-paraibanos.


Vacinação contra a gripe acontece em Paraíba do Sul

Imunização de grupos de risco começou nesta segunda-feira, 25 de abril e será até o dia 20 de maio

A vacinação contra a gripe começou no Estado do Rio de Janeiro na última segunda-feira (25). Em Paraíba do Sul centenas de pais já levaram seus filhos para se imunizar contra a gripe (H1N1, H3N2 e Influenza B).  Além das crianças entre seis meses a cinco anos, estão sendo vacinados também pacientes renais crônicos e gestantes.
Para os demais a campanha terá início no dia 30 de abril. O objetivo é imunizar pelo menos 80% dos grupos de risco, que incluem ainda os portadores de doenças crônicas, idosos com mais de 60 anos, indígenas e profissionais de saúde. A vacinação acontecerá até o dia 20 de maio. Na região, a cidade com maior número de mortos por H1N1 este ano é Resende, que já tem confirmado três óbitos.


Em Paraíba do Sul, a secretaria de saúde aplicará a vacina também nos postos de saúde (PSF) para maior comodidade a população. Veja o quadro: 

Sebollas recebe 20 hectares de reflorestamento de mata atlântica

No dia 22 de abril, Paraíba do Sul deu mais um grande passo em defesa do meio ambiente. Foi assinado o contrato para o reflorestamento de 20 hectares de mata atlântica na localidade de Sebollas, a partir do Programa Produtor de Águas que tem como foco o estímulo à política de Pagamento de Serviços Ambientais (PSA) voltados à proteção hídrica no Brasil.

            O Programa Produtor de Águas foi desenvolvido pela Agência Nacional de Águas voltado aos produtores rurais que se propõem a adotar práticas de manejos conservacionistas em suas terras com vistas a conservação de solo e água. Os benefícios gerados ultrapassam as fronteiras da propriedade e atendem a todos os usuários das águas da bacia hidrográfica do Rio Piabanha, os projetos prevêem a remuneração dos produtores participantes com base nos benefícios gerados em sua propriedade.
            A inserção de Paraíba do Sul é fruto da participação ativa da Secretaria do Ambiente e Agricultura no Comitê de Bacia do Piabanha (Ceivap) e no Comitê de Bacia de Paraíba do Sul (Agevap). “Desde o início do governo adotamos uma postura proativa em buscar projetos de conservação ambiental para o município. Participamos diretamente na elaboração dos projetos e na busca de recursos para que sejam implementados no município”, informa Nathália Mafra, Secretária do Ambiente e Agricultura.
            O projeto sul-paraibano será desenvolvido em parceria com instituto INNATUS com recursos  do Ceivap, que será o órgão fiscalizador das ações. O projeto será implantado em duas propriedades em Sebollas
 e até o fim do ano os 20 hectares de florestas serão plantados e toda a comunidade será beneficiada.
            “Os benefícios ambientais serão inúmeros: Produzir águas (dentro de 05 e 10 anos), sobretudo para área de recarga hídrica. Vai melhorar o microclima da localidade e da região. Tem um benefício social de garantir água para o futuro com o aumento de oferta de água para a população da região”, declara José Carlos Marques, diretor do INNATUS.
            A Secretaria do Ambiente e Agricultura desenvolverá um cadastro de produtores rurais para que novos projetos sejam inseridos para a política de Pagamento de Serviços Ambientais. “A ideia que nos transformemos num modelo na região com o PSA. Temos a oportunidade de sermos uma referência na gestão de recursos hídricos”, declara a secretária, Nathália Mafra.
            “A ideia é de que o município avance com essa política para a produção de água na região. Vai otimizar a utilização das propriedades rurais, pois o proprietário da área recebe pela manutenção do projeto, e colaborar com a consolidação da política nacional de PSA ao longo do tempo”, acrescenta José Carlos Marques, diretor do INNATUS.


Cobertura de quadras em Paraíba do Sul possibilitará atividades escolares em tempo integral

Parceria com a Secretaria de Educação promove cobertura de quadras para realizar atividades escolares em tempo integral

A Prefeitura de Paraíba do Sul está promovendo a cobertura das quadras dos bairros Eldorado e Sardoal através de verbas provenientes do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Esta ação é uma parceria das secretarias municipais de educação e esporte, que pretendem promover o esporte como prática educativa.
De acordo com a legislação do MEC, as atividades escolares só podem ser realizadas em quadras cobertas para preservar os alunos da exposição ao sol e oferecer maior segurança. Como um dos principais projetos do governo municipal é promover a educação em tempo integral e para isso a cobertura das quadras é fundamental. “Para concretizar esse projeto pioneiro na cidade, de oferecer atividades extra curriculares, nós apostamos no investimento nas quadras, que vai beneficiar não só aos alunos das escolas de Eldorado e Sardoal, como também às demais crianças da comunidade, que poderão usufruir da quadra.” – relatou a secretária de educação, Francine Fontainha.

O ensino em tempo integral irá permitir que atividades extras, como aulas de futsal, vôlei, handball, dança, artes marciais e outras sejam oferecidas aos alunos, além de dar aos pais maior tranqüilidade de que as crianças estarão realizando atividades no contra turno da escola, estando em ambiente seguro, assistido por professores e desenvolvendo valores de integração social. 

Alunos do Bombeiro Mirim de Paraíba do Sul visitam Quartel do Comando Geral dos Bombeiros do Rio de Janeiro

O curso de Bombeiro Mirim está na sua terceira aula, porém o coordenador da Defesa Civil de Paraíba do Sul, Jerry Adriane da Cruz, que está coordenando o curso, optou por fazer a viagem no início do curso por acreditar que o contato com um quartel de grande porte iria motivar os alunos.

Ao chegar no QCG os alunos fizeram um tour por todo o quartel, receberam instruções de primeiros socorros e assistiram as chamas das viaturas para ocorrências reais.
Um dos momentos mais envolventes da viagem foi a Apresentação da Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros, uma das bandas mais renomadas do país. Os alunos ficaram emocionados e aplaudiram de pé.
Para finalizar, os alunos visitaram o Museu do Corpo de Bombeiros com acesso a todo esse acervo, acompanhados por um instrutor que contou toda a história desde a criação do Quartel de Bombeiros no Brasil.

                “Nosso curso é formação de caráter através da disciplina e educação. Ver as crianças aprendendo valores e se sentindo motivadas em multiplicá-las na sociedade não tem preço, essa é a melhor parte do nosso trabalho.” – declarou o coordenador da Defesa Civil Jerry Adriane da Cruz.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Reforma de quadras em Paraíba do Sul incentiva o esporte nos bairros

De acordo com a Secretaria de Esportes de Paraíba do Sul, construir, reformar e cobrir as quadras do município é uma das ações do governo para incentivar a prática de esportes e promover a integração entre os bairros.
Até o atual momento já foram reformadas as quadras dos bairros Eldorado, Glória, Avenida, Alvorada, Morro da Alegria, Limoeiro, Cerâmica e Vieira Cortez. Todas passaram por pintura, manutenção de telas e redes, sendo que as quadras de Sardoal e Eldorado estão recebendo cobertura.

Neste mês já foram entregues as quadras do Inema e do Morro da Alegria
As reformas das quadras foram intensificadas e só neste mês, duas já foram entregues às comunidades do Inema e do Morro da Alegria.
“A maior distração das crianças é essa quadra. Manter tudo limpo, pintado e iluminado deixa as mães mais tranquilas de que os filhos estão em um lugar seguro, se divertindo” – declarou a moradora do Inema, Srª. Francisca dos Santos Mendes.
No Morro da Alegria os moradores já estão utilizando as quadras para diversos esportes, inclusive uma equipe de vôlei treina semanalmente no local.
“A comunidade sempre utilizou muito a quadra, achamos que estava na hora de uma reforma e sabemos o quanto é importante fazer sempre manutenção na pintura, iluminação e estrutura.” – ressaltou o Prefeito Marcio Abreu.

Quadra do Parque Niagra será entregue até o final de abril
A quadra do Parque Niagra estava há quase 10 anos sem reforma, mas os moradores do bairro não desistiram de solicitar as melhorias necessárias. “A situação da quadra era tão ruim que não teria como simplesmente reformar. Tivemos que derrubar e reconstruir. A comunidade merece um local mais moderno, amplo e bonito, nossa equipe não mediu esforços para realizar mais essa obra”. Declarou o prefeito Marcio Abreu.
De acordo com informações da Secretaria de Obras, a obra empregou 20 funcionários e já está em fase final, com previsão de entrega até o fim do mês de abril.

“A gente queria montar um time, mas a quadra estava muito ruim e ninguém mais queria jogar. Quando ficar pronta, nós vamos jogar pelo menos duas vezes por semana.” – declarou o jovem Raoni Cristian Figueira, 12 anos. 

Prefeitura de Paraíba do Sul realiza obras no Amapá

Obras de infraestrutura podem acabar com alagamentos em dezenas de residências

            Somente quem mora no bairro Amapá conhece o sofrimento da população nos períodos de chuva. Basta caírem chuvas intensas que os moradores da Rua Maurilio Avelino de Oliveira sofrem com alagamentos que invadem suas residências e colocam em risco a saúde e os bens materiais. 
O problema do alagamento em algumas ruas do bairro é antigo, pois elas ocupam um vale às margens de um pequeno córrego onde há a convergência de águas de todo o bairro, o que facilita o acúmulo e, consequentemente, o alagamento.

A origem do problema está ligada à criação do loteamento. Quando foi criado, o Amapá não recebeu as obras de infraestrutura necessárias para prevenção de riscos às habitações. Não foram realizadas as obras de saneamento básico e captação de águas pluviais.
            “O problema se arrasta há anos. Já tive que acordar de madrugada várias vezes para subir os móveis e meu irmão perdeu ferramentas da oficina dele por causa desses alagamentos”, lembra a moradora Dandara de Fátima Soares.
            Um grupo de moradores do bairro Amapá procurou o Prefeito Márcio Abreu a fim de buscar uma solução compartilhada para o problema. O Prefeito envolveu a secretaria de obras que projetou a construção de uma galeria de captação de águas pluviais com 400 metros de comprimento e que dependeria da autorização para a instalação da rede dentro dos terrenos de alguns moradores. Os moradores logo se mobilizaram e conseguiram com que todos os envolvidos autorizassem que as obras fossem realizadas.
            Geni de Paula da Silva, 69 anos, aposentada, moradora do Bairro Amapá há 11 anos, informou que tem pedidos da obra desde quando foi morar no bairro. Recordou que o Prefeito anterior na enchente de 2010 prometeu realizar a obra da galeria, que mandaria a máquina para fazer as obras, mas que nada foi feito.
            “Olha aqui esta vala. Fica um mau cheiro terrível aqui o dia todo. O Marcinho teve aqui e garantiu que isso vai acabar. Agora estou confiante. Não vejo a hora de ver isso tudo resolvido”, declara Geni de Paula, uma das beneficiadas pela obra.
            Segundo informações da secretaria de obras serão necessários pelo menos dois meses para que a galeria de captação de águas pluviais fique pronta. “Essa obra vai dar tranqüilidade aos moradores. Iniciamos um ciclo de obras para o Amapá, mas não poderíamos fazer qualquer obra sem que esta fosse realizada. O importante é que demos um passo importante para darmos dignidade à população de um dos bairros que mais crescem em Paraíba do Sul”, declara o Prefeito Márcio Abreu.