segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Prefeitura toma medidas para melhorar trânsito e garantir a segurança de motoristas e pedestres

Frota de veículos de Paraíba do Sul dobrou nos últimos dez anos

O trânsito de Paraíba do Sul está cada vez mais intenso. De acordo com dados do Detran-RJ, a frota de veículos do município cresceu 102% entre 2004 e 2014, tendo o mês de agosto como referência. Há 10 anos, eram 6902 veículos, sendo 4477 carros e 818 motos. Atualmente, este número subiu para 13946 veículos, sendo 8361 carros e 2543 motos. O crescimento mais impressionante foi no número de motos, que apresentou 210% de aumento em relação a 2004. O crescimento de carros é de 86%, um número também relevante.
O crescimento de veículos em Paraíba do Sul acompanha uma estatística nacional. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de carros não para de crescer no país. Com o aumento da frota, o Brasil já tem um automóvel para cada 4,4 habitantes. São 45,4 milhões de veículos do tipo. Há dez anos, a proporção era de 7,4 habitantes por carro.


Com mais veículos nas ruas, é necessário criar ações de controle de tráfego e segurança para motoristas e pedestres. Desde 2013, a Prefeitura de Paraíba do Sul estuda a ampliação das vagas de estacionamento por toda cidade para amenizar o problema crônico de falta de vagas. Alguns estacionamentos já foram criados, como na Ponte Preta e na rua Heinz G. Well, próximo a ponte giratória. O objetivo é que, ao longo dos próximos meses, sejam pelo menos 500 novas vagas por toda cidade.


Outra medida que começou nas últimas semanas é a instalação de redutores de velocidade em pontos considerados críticos da cidade. Segundo a Secretaria de Obras e Projetos, foram instalados redutores nos bairros Santa Josefa, Liberdade, Ponte Preta, Centro, Lava Pés e Jatobá, e outros estão em construção, como no bairro Santo Antônio. A Divisão de Trânsito segue estudando a necessidade de colocação em outros pontos da cidade e, em breve, outros bairros serão contemplados.

Rotatórias organizam o tráfego e obrigam a redução da velocidade nos cruzamentos
Muito além de cumprir seu papel de organizar o fluxo dos veículos, as rotatórias desempenham uma função ainda mais importante: garantir a segurança das pessoas. A implantação de rotatórias tem se mostrado uma solução eficiente para disciplinar o aumento do fluxo de veículos em municípios de pequeno e médio porte. Isso porque o dispositivo possibilita uma enorme redução no número de acidentes, tem baixo custo, é rapidamente instalado e de fácil manutenção. Em Paraíba do Sul, a Prefeitura construiu três novas rotatórias: uma na Avenida Mal. Castelo Branco, na saída da Ponte Nova; outra na Praça Nicolau Rivello, Lava Pés, um perigoso cruzamento que já causou centenas de acidentes na entrada da cidade, e uma outra na Rua Célio da Gama Cruz, em frente ao Parque Salutaris, solucionando décadas de problemas com o fluxo de veículos no local.

De acordo com o Departamento Municipal de Trânsito, o objetivo é garantir a fluidez dos veículos e limitar a velocidade do tráfego, aumentando a segurança para motoristas e pedestres.

Mesmo sendo um importante instrumento viário, muitos motoristas ainda desrespeitam as regras de circulação da rotatória e se confundem quanto à preferência de passagem.

Rotatória: de quem é a vez?
De acordo com o artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a preferência na rotatória é de quem já estiver nela, ou seja, vale a ordem de chegada. Isso significa que, mesmo que o motorista esteja parado, ele deve esperar aquele que estiver circulando passar.

No caso de não haver ninguém em circulação e dois carros chegarem ao mesmo tempo, em acessos distintos da rotatória, a preferência será daquele motorista que estiver à direita.

A maior vantagem das rotatórias é que elas permitem melhorar o fluxo de trânsito e permitem que seja feita a travessia sem a necessidade de semáforos. Ou seja, as rotatórias são uma ferramenta democrática e dinâmica do trânsito. Mas de pouco adianta uma ferramenta eficiente sem o respeito às leis de trânsito. O motorista deve redobrar a atenção, reduzindo sempre a velocidade e prestando atenção na sinalização, que determina a regra de preferência.


Prefeitura constrói rampas de acessibilidade no Centro de Paraíba do Sul

Projeto será levado aos bairros da cidade, garante secretário de Obras

A Prefeitura de Paraíba do Sul, através da Secretaria de Obras, construiu mais de 10 novas rampas de acessibilidade nas calçadas públicas do Centro da cidade, permitindo a livre circulação de cadeirantes e outros munícipes com mobilidade reduzida.



Segundo informações do secretário de Obras, Getúlio Junior, os bairros da cidade também serão contemplados com as rampas de acessibilidade. “A determinação do prefeito Marcinho é facilitar a vida e dar segurança às pessoas que apresentam dificuldade de locomoção" - afirmou o secretário. 

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Redutores de velocidade continuam sendo instalados em trechos perigosos de Paraíba do Sul



Com objetivo de oferecer mais segurança à população, a Prefeitura de Paraíba do Sul, através da Secretaria de Obras, continua instalando redutores de velocidade em pontos críticos da cidade. Nesta quarta-feira (17), o trabalho prosseguiu com instalação de um redutor na Avenida Expedicionário Wallace Paes Leme, no bairro Santo Antonio.


A iniciativa – uma determinação do prefeito Marcinho para garantir a segurança de motoristas e pedestres - já contemplou diversos bairros da cidade. Foram instalados dois redutores no bairro Santa Josefa, dois no bairro Liberdade, dois no bairro Ponte Preta, um na Rua Moreira César, no Lava Pés, um na Rua Tiradentes, no Centreo, um no bairro Jatobá, em frente ao Ciep e um na Rua Bernardino Franco, no Grotão. Serão instalados mais um no bairro Santo Antônio, perto da Ponte do Lucas, dois no Jatobá, nas proximidades do Nosso Forró e Exposição Agropecuária e no Centro, em frente ao Colégio Sul Paraibano. A Divisão de Trânsito ainda estuda a necessidade da colocação em outros pontos da cidade. Segundo informações da Secretaria de Obras, os redutores servirão também como faixa de pedestre.


quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Reforma da Estação de Tratamento de Água vai beneficiar toda população de Paraíba do Sul



Após 40 anos de abandono e muitos problemas, governo Marcinho conquistou mais esta vitória, fruto da parceria com o Governo do Estado

Seguem em ritmo acelerado as obras de reforma da estação de tratamento de água de Paraíba do Sul. A obra, que vai beneficiar 100% da população, avançou nos últimos dias e está na fase de reparos estruturais. Funcionários da empresa Darwin Engenharia, responsável pelas obras, começaram nesta semana os trabalhos de pintura, embolso e reforma do laboratório. Vale ressaltar que os pedreiros e ajudantes foram contratados em Paraíba do Sul e toda mão de obra é da cidade.


A previsão é que o trabalho prossiga por mais alguns meses, contemplando melhorias como ampliação do sistema de decantação; colocação de um novo filtro; substituição de válvulas e instalações elétricas; reforma geral e pintura da estação; reforma nos reservatórios; troca da calha; colocação de novos equipamentos e troca do rotor do bombeamento na captação, que vai aumentar o tratamento de água em 50 litros por segundo (passando de 180 para 230), ampliando o serviço e resolvendo o problema de falta d'água. A boa notícia é que a captação de água está em bom nível, e nem a paralisação de alguns dos filtros para limpeza prejudicaram o abastecimento na cidade.

Ao mesmo tempo que o trabalho de reforma da estação é realizado, tanto a CEDAE quanto a Prefeitura de Paraíba do Sul pedem a ajuda da população no combate ao desperdício de água, já que o nível do rio é considerado crítico. O nível da água ainda está em 5, considerado muito baixo para esta época do ano, que estaria entre 8 e 10. Caso este nível desça ainda mais, a cidade corre sério risco de desabastecimento e uma grande crise. O problema começou no dia 1° de setembro, após a publicação da Resolução no 1.309 da Agência Nacional de Águas (ANA), que reduziu a vazão do Rio Paraíba do Sul na Barragem de Santa Cecília, em Barra do Piraí. Desde então o prefeito Marcinho tem acompanhado pessoalmente o caso, que para ele trata-se de “uma medida de bastidores, que não resolve o problema de São Paulo e não leva em consideração os prejuízos à população sul-paraibana e dos demais municípios da região”.

Em breve, outra obra terá início e vai possibilitar a solução do problema crônico de falta d'água para os próximos 30 anos. Será a construção de uma nova estação de tratamento de água, em um investimento de mais de R$ 14 milhões. A previsão é que os trabalhos comecem ainda neste ano.

Escolinha de Futebol Léo Moura: há um ano mudando a vida de centenas de sul-paraibanos



Desde 2013, centenas de jovens sul-paraibanos podem participar da Escolinha de Futebol Léo Moura, no Complexo Esportivo Bom Viver, no bairro Liberdade, um dos principais pólos esportivos da região. Inaugurada em outubro do último ano, graças a parceria entre Governo Marcinho e Governo do Estado, a escolinha, primeira do jogador do Flamengo a ser inaugurada no Brasil, já atende hoje a 800 jovens, que enxergam no futebol a oportunidade de dias melhores. São 200 alunos no bairro Liberdade e outros 600 em núcleos espalhados pela cidade. Todos os participantes recebem kits completos de treino, contendo uniformes e acessórios.

Com aulas de graça e orientações de profissionais capacitados, os resultados aparecem dia após dia. Com frequência, os jovens atletas conquistam bons resultados por todo estado, através de torneios e amistosos e os futuros craques do futebol se mostram muito felizes com a oportunidade. Para Marcelo Alves Batista Junior, de 15 anos, que participa do projeto desde o início, a oportunidade de participar da escolinha é muito positiva: "O projeto está ajudando muito, tirando muita gente das ruas. Temos treinos, jogamos fora de Paraíba do Sul e isso tudo é bom demais", disse.

Patrick Florêncio Evaristo, de 17 anos, e que também participa das aulas desde o início, enfatizou que a realidade para os moradores do bairro agora é diferente. Segundo o jovem, antigamente não existia este tipo de oportunidade e, além de formar atletas, o projeto ajuda a formar cidadãos: "Acho que o projeto é bom demais. Hoje temos várias oportunidades, como jogar amistosos fora da cidade, por exemplo, e chances que antes não tínhamos em nossas vidas. Temos o contato com o Vitor (coordenador da Escolinha na cidade e ex-jogador do Flamengo e da Seleção Brasileira), que jogou na Seleção e em clubes como Flamengo, que é uma oportunidade de ouro pra gente. A gente vê vários jovens já conseguindo oportunidades em outros clubes pelo estado e isso motiva muito a gente, tudo graças a Escolinha do Léo Moura e ao Prefeito Marcinho. Aqui, eu também aprendo a conviver bem com as pessoas. Antigamente eu me envolvia em confusões, em brigas e agora eu convivo bem até com pessoas que já tive problemas. São meus novos amigos", afirmou.

As aulas acontecem todas as terças e quintas, de 14h às 16h. E para quem estiver interessado em participar, as inscrições continuam abertas. São oferecidas aulas gratuitas em quatro categorias (pré-mirim, mirim, infantil e juvenil) e os interessados podem fazer a inscrição no próprio local. Basta levar xérox da identidade da criança e do responsável, comprovante de residência, duas fotos 3x4, atestando médico autorizando a fazer atividade física e declaração escolar. O Complexo Esportivo Bom Viver fica na Estrada Vieira Cortez, 930, bairro Liberdade. Mais informações através do telefone (24) 2263 1001.

Paraíba do Sul abre inscrições para curso de manutenção e operação de tratores agrícolas





O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio de Janeiro (SENAR-Rio), por meio do Sindicato Rural de Paraíba do Sul, em parceria com a Prefeitura Municipal promove, de 22 a 26 de setembro um treinamento de manutenção e operação de tratores agrícolas. A capacitação, que é gratuita, acontece na Fazenda Caxambu, na Estrada do Morro Seco, bairro Limoeiro, de 8h às 17h, e tem objetivo de capacitar e certificar profissionais interessados a trabalhar ou que já trabalhem na área.

É importante ressaltar que os treinamentos dessa modalidade são de graça e geram certificação reconhecida em todo o país, habilitando o aluno para a função específica a qual foi treinado. De acordo com a Secretaria do Ambiente e Agricultura, o treinamento tem duração de 40 horas e o SENAR-Rio é a única instituição autorizada a habilitar profissionais nessa área, com emissão de certificado com reconhecimento do Ministério do Trabalho.

O público alvo é formado por pessoas que, preferencialmente, tenham algum conhecimento na área e queiram se profissionalizar, especialmente produtores e trabalhdores rurais, todos maiores de 18 anos e que tenham carteira de habilitação, pelo menos, na categoria B. As inscrições devem ser feitas antecipadamente, pois as vagas são limitadas. Os interessados em participar devem procurar a Secretaria do Ambiente e Agricultura, que fica na Praça Marquês de São João Marcos, 6, Sobreloja, Centro ou o Sindicato Rural de Paraíba do Sul, que fica na rua Marechal Floriano Peixoto, 72, Fundos, Centro. As vagas são limitadas. Mais informações pelos telefones (24) 2263 8695 e (24) 2263 2391.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Agricultores de Paraíba do Sul recebem capacitação sobre segurança do Trabalho no Meio Rural

Na noite desta segunda-feira (15), cerca de 50 pessoas, entre produtores rurais, trabalhadores rurais e técnicos de segurança do trabalho, estiveram reunidos no auditório da Prefeitura de Paraíba do Sul para a palestra “NR31 – Segurança do Trabalho no Meio Rural”. A capacitação foi ministrada pelo técnico em segurança do trabalho e segurança ocupacional, Rodrigo Correa Silva, que falou sobre prevenção de acidentes, riscos relacionados ao trabalho no campo, condições de segurança, entre outros. A palestra teve como objetivo de orientar produtores e trabalhadores rurais quanto às condições de trabalho no meio rural.


A qualificação foi promovida gratuitamente pela Prefeitura de Paraíba do Sul através da Secretaria do Ambiente e Agricultura e EMATER-RIO, em parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio de Janeiro (SENAR-Rio), por meio do Sindicato Rural de Paraíba do Sul.


- É muito importante que possamos contribuir com a produtividade no campo e qualificar cada vez mais os produtores e trabalhadores rurais para que possam trabalhar com mais segurança - destacou a subsecretária municipal de Agricultura, Maria Fernanda Cunha.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Obras na Estrada da Barrinha prosseguem e mudanças já são visíveis



Vários trechos já estão asfaltados, inclusive a rotatória para veículos pesados

As obras da Estrada da Barrinha continuam em ritmo acelerado. Na tarde da última segunda-feira (15), funcionários da SOMA, empresa responsável pelo projeto, continuavam o trabalho de construção da ciclovia, alternativa segura aos ciclistas e acertos gerais na pista. Vale ressaltar que já há um grande trecho asfaltado, inclusive onde foi construída a nova rotatória para veículos pesados.


A estrada também continua recebendo trabalhos de pavimentação, conserto de pontes e travessias e colocação de meio fio e, de acordo com os responsáveis pela obra, tudo caminha em ritmo acelerado, para que o prazo de conclusão de até o fim de 2014 seja superado.


Após 40 anos de promessas não cumpridas, em apenas dois anos, graças ao prestígio e incansável trabalho do Prefeito Marcinho, um dos mais antigos sonhos dos sul-paraibanos está próximo de ser finalizado. Segundo os responsáveis pela obra, o trecho próximo ao Parque Salutaris, cerca de 2km, será um corredor verde, abrigando um Parque Ambiental. Os outros 4km, do total de 6km de pavimentação, serão utilizados para a instalação de um distrito industrial, que já está sendo preparado para receber novas empresas e gerar mais empregos aos sul-paraibanos. A divisão entre as duas áreas será marcada por uma rotatória, que irá permitir que caminhões de grande porte retornem em direção à BR 393, evitando o tráfego de veículos no Centro de Paraíba do Sul. Este trecho já ganhou forma e será um importante utilitário para os motoristas que passarem pelo local.

Área devastada por incêndio no Parque Salutaris recebe a visita de alunos da Rede Municipal de Ensino



De acordo com engenheiro agrônomo, recuperação da fauna e flora pode durar 20 anos. Pequenos sul-paraibanos puderam conhecer um pouco os estragos causados pelo ato criminoso

Na tarde da última segunda-feira (15), mais de 30 alunos da Rede Municipal de Ensino de Paraíba do Sul estiveram no Parque Salutaris para visitar a área que foi castigada por um incêndio criminoso na última semana. Acompanhados pela secretária do Ambiente e Agricultura, Nathália Mafra; do engenheiro agrônomo, Luiz Cláudio; e do chefe do Departamento de Parques e Jardins de Paraíba do Sul, Gílson Miguel Alves, os pequenos sul-paraibanos tiveram uma verdadeira aula ao ar livre sobre meio ambiente e puderam aprender mais sobre como evitar queimadas e cuidar bem da natureza.

Durante a aula, o engenheiro agrônomo Luiz Cláudio explicou os efeitos negativos das últimas queimadas que o Parque sofreu. De acordo com o especialista, a recuperação natural da fauna e flora pode durar até duas décadas devido aos estragos. Luiz Cláudio explicou que centenas de animais silvestres, que viviam na área devastada, desapareceram, causando um desequilíbrio no balanço natural. Os alunos se mostraram bastante comovidos com a situação, e participaram com perguntas sobre os riscos do fogo em áreas naturais e pediram orientações de como contribuir para a manutenção das áreas verdes da cidade.


De acordo com a Secretaria do Ambiente e Agricultura, o objetivo deste trabalho de conscientização com os jovens é chamar a atenção dos sul-paraibanos desde cedo, mostrando a importância da preservação das áreas naturais de Paraíba do Sul, especialmente do Parque Salutaris, que vem sendo alvo de atentados nos últimos dias. Este trabalho vai continuar por toda cidade, com ações como plantio de novas árvores.


Para a secretária Nathália Mafra, as crianças são fundamentais no processo de preservação do meio ambiente e todo trabalho desenvolvido pela Secretaria: "As crianças são muito inteligentes, e precisamos de todos nesta luta pela preservação. É de extrema importância que conversem com os pais, amigos, vizinhos sobre o que viram aqui e falem da importância de não perdermos nossas áreas verdes", disse.

Paraíba do Sul oferece diversas oportunidades em projetos esportivos



Crianças e adolescentes podem se inscrever de graça em vários pólos esportivos pela cidade

Em Paraíba do Sul, quem quiser praticar esporte de graça e com qualidade pode procurar os diversos pólos e escolinhas espalhados pela cidade. Graças a um incansável trabalho de revitalização e fortalecimento realizado pelo Governo Marcinho, já são mais de 2 mil crianças e jovens beneficiados e o objetivo é ampliar ainda mais este serviço. Ainda há o Projeto Esporte RJ, em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, que leva prática esportiva para os bairros.


De acordo com informações da Subsecretaria municipal de Esportes, são cerca de 10 projetos à disposição para os sul-paraibanos. Confira, abaixo, a relação completa e como se inscrever. Quem tiver dúvidas pode ligar para o telefone (24) 2263 1001.

- Escolinha Léo Moura (Futebol de Campo, Complexo Esportivo Léo Moura, Estrada Vieira Cortez, 930, Liberdade): terças e quintas, 14h às 16h. Inscrições ainda abertas, podem ser feitas no local. Documentos necessários: xérox do RG ou certidão de nascimento, xérox do comprovante de residência, CPF e RG do responsável.

- Academia Vítor Belfort (MMA, Academia Vítor Belfort de Artes Marciais, Estrada Vieira Cortês, 157, Liberdade): segunda à sexta, manhãs e noites. Inscrições ainda abertas, podem ser feitas no local. Documentos necessários: xérox do RG ou certidão de nascimento, xérox do comprovante de residência, CPF e RG do responsável.

- Projeto NatAção (Natação, Riachuelo Esporte Clube, Praça São Pedro e São Paulo, 25, Centro): terças e quintas, 17h às 21h30. Atualmente, o projeto está em fase de fila de espera. .

- Projeto Ginástica Artística (Ginástica, Riachuelo Esporte Clube, Praça São Pedro e São Paulo, 25, Centro): segundas e quartas, 8h às 11h e 14h às 17h. Fila de espera.

Projeto Esporte RJ

- Vôlei: quadra do Morro da Alegria, quartas, 18h às 20h. Inscrições no local. Documentos necessários: xérox do RG ou certidão de nascimento, xérox do comprovante de residência, CPF e RG do responsável; quadra da Escola Municipal Arcanjo Antonino Lopes (Tim Lopes) (Estrada Vieira Cortez, 780, Santa Josefa), sextas, 17h às 19h30. Inscrições no local. Documentos necessários: xérox do RG ou certidão de nascimento, xérox do comprovante de residência, CPF e RG do responsável.

- Futsal: quadra do Inema, quartas e quintas-feiras, manhã e tarde. Inscrições no local. Documentos necessários: xérox do RG ou certidão de nascimento, xérox do comprovante de residência, CPF e RG do responsável.